O Saque de Renato Alves

professor Renato

O professor Renato com alunos do Colégio Cenecista.

Dedicação, seriedade e profissionalismo. Estas são as marcas do técnico de voleibol Renato Alves. Professor de Educação Física, Renato foi técnico das categorias de base do Tijuca Tênis Clube e do Clube de Regatas do Flamengo, no Rio, antes de vir morar em Saquarema. Tendo conquistado vários títulos nos clubes por onde passou, foi também o responsável pela iniciação, através do trabalho de base, do campeão de vôlei Nalbert, ex-capitão da seleção brasileira de voleibol adulto masculino. Há 8 anos, o professor Renato vem desenvolvendo um projeto de vôlei que hoje tem o apoio do colégio Cenecista Professor Alfredo Coutinho.

A partir de novembro o projeto ganhará um novo nome e uma nova camisa. Passará a se chamar O Saque, mais uma bela sacada de Renato Alves, que vem descobrindo talentos em Saquarema, como Pedro e Junior que já estão jogando em São Paulo, Loran que está no Flamengo e foi convocado para seleção carioca infanto e Ricardo, Breno, Gabriel e Daniel que fizeram testes no Fluminense, no Rio, e foram aprovados.

Pela primeira vez, o trabalho que o professor Renato Alves desenvolve no time feminino está trazendo frutos, pois a atleta Estella, de apenas 13 anos, também foi aprovada nos testes que fez no Tijuca Tênis Clube.

Infelizmente, outros atletas que passaram nos testes de clubes do Rio, devido à falta de condições financeiras e sem patrocínios, não puderam prosseguir com os treinamentos, pois os custos de passagens é alto. Isso mostra o potencial que temos no município e a falta de apoio para desenvolver o voleibol, justamente na cidade conhecida pela mídia como a “Casa do Vôlei”, por abrigar em Barra Nova o Centro do Desenvolvimento do Vôlei da CBV (Confederação Brasileira de Voleibol), onde treinam todas as seleções brasileiras.

“Saquarema já tem uma equipe pré mirim, mirim e infantil feminina de voleibol, mas nos falta estrutura para que possamos participar de algumas competições importantes como o campeonato Carioca”, diz Renato. “O material humano que temos é tão bom que, a partir de novembro, iniciaremos o vôlei de praia com pretensão de disputar alguns torneios e campeonatos a partir de 2011”, explica ele.

A escola de voleibol do professor Renato, que funciona no ginásio do Colégio Cenecista, tem apoio da Pousada Recanto D’Itália e do pai de uma das alunas, Saulo Bornner, que acredita e investe no projeto. Os treinos para crianças entre 9 e 17 anos são às terças e quintas, após 17 horas, abertos ao público. Graças ao trabalho pioneiro do professor Renato, o Colégio Cenecista venceu os Jogos Estudantis, promovidos pela Prefeitura de Saquarema, em 2010, em todas as categorias do vôlei. Foi Renato também quem implantou o 1º Festivolei de Saquarema, em 2008, uma competição que durou 45 dias e que teve a participação de aproximadamente 800 crianças, 14 escolas e 74 equipes divididas em 4 categorias.

Agora, o principal objetivo de Renato é massificar o esporte no município, descobrindo novos talentos e formando uma grande equipe de voleibol que represente o município. Para isso, ele pede aos empresários que saquem essa ideia também e ajudem a desenvolver esse trabalho. Contato (22) 9942-1417 (Professor Renato).

“Com o Festivolei e os Jogos Estudantis, com certeza poderemos descobrir grandes atletas e formarmos nossas próprias equipes, fazendo com que os jovens não se desloquem do município para treinarem em outros clubes”, finaliza Renato. E parabeniza a Prefeitura de Saquarema pela iniciativa de dar continuidade ao grande evento que é o Festivolei.

“Acredito que além de aproximar a comunidade ao Centro de Desenvolvimento do Vôlei da CBV (Confederação Brasileira de Voleibol), o Festivolei ajudará também na integração das crianças e adolescentes em uma atmosfera esportiva saudável, característica do 2º maior esporte do Brasil que é o voleibol”, confia Renato.

O Saquá 127 – Novembro/2010

Matéria publicada na edição de novembro de 2010 do jornal O Saquá (edição 127)

Compartilhe!

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.