Victorino: um contista que surpreende

Victorino Aguiar

O escritor Victorino Aguiar está lançando seu livro de contos Ladrão de Mulher

Livro Ladrão de MulherO professor Victorino Aguiar não é nem um pouco parecido com o Victorino Aguiar, surpeendente contista que vai lançar seu segundo livro na Casa da Cultura, dia 12 de novembro, às 19 horas. Com o sugestivo título Ladrão de Mulher, o livro de contos é uma grata surpresa literária, pela qualidade da prosa de Victorino Aguiar, ágil, enxuta, precisa. Com um estilo coloquial, desfechos rápidos e uma inspiração que reflete sentimentos sofisticados e acurada capacidade de observação, o livro de Victorino é coisa de profissional. É para quem aprecia a literatura como um bom vinho, degustando frases, palavras e construções linguísticas.

Nascido e criado no subúrbio carioca, Victorino fez de tudo um pouco, morou no Nordeste, mas foi aqui em Saquarema que se projetou socialmente e artisticamente. Pai de dois filhos, o médico ginecologista Dr. André Luiz e o estudante de economia Victor Aguiar, Victorino iniciou sua carreira literária aos 12 anos, quando publicou no jornal escolar um poema dedicado a sua mãe, falecida quando tinha apenas 4 anos. Vivendo com o pai, viúvo, nos fundos de uma padaria, depois de passar pelo internato, conheceu as agruras da vida que iria superar mais tarde, ainda jovem, saindo da adolescência, quando começou a trabalhar.

Victorino atuou em teatro, trabalhou no serviço público, foi bancário, militou na política partidária, tornou-se adepto da filosofia Rosa Cruz, foi articulista de jornal e mantém-se hoje como professor de língua portuguesa e literatura brasileira em Saquarema, cidade que escolheu para viver desde 1986. Formado em letras, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Victorino lançou seu primeiro livro de contos, Ura! Ura! Ura! E Outras Histórias entre o Céu e a Terra, em 2006. Professor desde os 23 anos de idade, Victorino agora se coloca agora na trilha dos autores contemporâneos, com seu estilo mordaz, porém humanista, sem perder a visão crítica e o estilo tenso que o caracteriza.

O Saquá 127 – Novembro/2010

Matéria publicada na edição de novembro de 2010 do jornal O Saquá (edição 127)

Compartilhe!

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.