Corrupção, não!

Alexandre Neto

O candidato a deputado federal Alexandre Neto (foto) esteve em Saquarema para um corpo a corpo com os eleitores, na feira de Bacaxá. Ele faz questão de manter contato com a cidade que abrigou por tantos anos e de forma tão carinhosa sua mãe, a inesquecível Ana Maiolino, assistente social de empenho, poeta sensível e jornalista atuante, que só deu contribuições valiosas a este município.

Alexandre Neto também aproveitou para visitar seus tios e parentes no Gravatá, entre eles Angelo Maiolino, tradicional liderança política e comunitária do município. E, como herdou de sua família esta vontade de fazer-acontecer, Alexandre entra para política com o slogan “Corrupção, não!” em virtude de seu empenho em combater a prática ilegal da banda podre da polícia. Como delegado da Divisão Anti-Sequestro no Rio de Janeiro (DAS/RJ) foi vítima de um atentado, na porta de sua casa, em Copacabana, há dois anos, quando foi atingido por 9 disparos. Escapou com vida quase que por um milagre, mas ficou com seqüelas, tendo perdido um dedo da mão. Mesmo assim, Alexandre não se abateu. Ao contrário, garante que a “guerra” contra a corrupção está só começando e que ele é mais um policial honesto que resolveu denunciar crimes praticados dentro da própria polícia civil do Estado do Rio de Janeiro.

Capa O Saquá 124

.

Matéria publicada na edição de setembro
de 2010 do jornal O Saquá (edição 124)

Compartilhe!

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.