O livro Tamoios – Senhores do Litoral

Momentos decisivos da história que contribuem para a formação da identidade brasileira

O livro Tamoios – Senhores do Litoral, de Paulo Luiz Oliveira, será lançado em Saquarema, no dia 19 de abril, na Escola Municipal Orgé Ferreira da Silva; em Iguaba Grande, no dia 28 de abril, na Câmara Municipal; em Araruama, no dia 29, no Salão Iconográfico do Teatro Municipal; e em Bacaxá, no dia 5 de maio, na Escola Menaldo Carlos de Magalhães. O livro será lançado também em Cabo Frio, Armação de Búzios e Arraial do Cabo. Todas estas localidades fazem parte da história da Confederação dos Tamoios, quando índios tupinambás se uniram numa guerra contra o colonizador português.

Filho de portugueses, nascido em Araruama e atual morador de Saquarema, o autor do livro, Paulo Luiz Oliveira, começou se interessar pela história dos índios desde criança. Mas a vida o levou para outros caminhos. Na adolescência foi estudar em Vassouras e, retornando a Araruama, trabalhou na extração de ostras, para a indústria da cal, até montar seu próprio negócio. Empresário bem sucedido, aceitou o convite para trabalhar no setor administrativo da Prefeitura de Saquarema, em 2001, sem nunca abandonar a pesquisa sobre o tema indígena.

Em 2008, incentivado pela família, começou a redigir o texto final do livro que ainda demoraria mais de um ano para ser concluído. Autodidata, buscou em livros e sites especializados na internet todas as fontes possíveis para compor a sua visão da história dos Tamoios, no início do Brasil Colonial. Assim, um pedaço da história das navegações surge como cenário dos primeiros contatos entre os brancos e os índios.

Tamoios – Senhores do Litoral é uma aventura fascinante, com um enfoque revelador, onde os guerreiros indígenas aparecem como verdadeiros heróis da Terra Brasilis. Nesta luta desigual, de armas de fogo contra flechas primitivas, os indígenas foram vencidos, mas seus descendentes sobrevivem até hoje, em vários pontos do país. E resistem em relatos como este, onde a epopéia dos Tamoios não é contada pelo olhar dos vencedores e sim pela ótica dos vencidos.

Assim, é possível descortinar verdades escondidas até hoje, como o fato da última grande batalha dos Tamoios ter sido em Saquarema e não em Cabo Frio. E perceber, na figura imponente dos chefes Cunhambebe e Aimberê, exemplos de resistência e coragem nativa. É um livro empolgante e comovente, onde a narrativa histórica ganha tons dramáticos, pela sensibilidade de Paulo Luiz Oliveira.

O livro Tamoios – Senhores do Litoral foi editado pela Tupy Comunicações, editora de Saquarema, que já lançou outros ensaios, entre eles dois volumes da Coleção Memória da Cidade, feita em parceria com a Prefeitura Municipal de Saquarema, em 2008: Alberto de Oliveira – Poeta de Saquarema, de Antônio Francisco Alves Neto e Raízes de Minha Terra, de Herivelto Bravo Pinheiro.

Capa O Saquá 119

.

Matéria publicada na edição de abril
de 2010 do jornal O Saquá (edição 119)

Compartilhe!

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.