Oakley WQSurf Sub- 14

Surfe Total - Rossini Maraca

O futuro do surfe está nos jovens atletas que participaram do Oakley WQSurf Sub-14, Etapa Saquarema, na Praia de Itaúna. Foi uma festa para a garotada e para as famílias que participaram ativamente.

O futuro do surfe está nos jovens atletas que participaram do Oakley WQSurf Sub-14, Etapa Saquarema, na Praia de Itaúna. Foi uma festa para a garotada e para as famílias que participaram ativamente.

Além do mar perfeito para a as categorias de base, com ondas de até meio metro, a Federação de Surfe do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ), a Prefeitura Municipal e a Associação de Surfe de Saquarema (ASS) realizaram um evento diferenciado, com momentos muito interessantes. “Um bom planejamento traz bons resultados”, disse o surfista Gula. E a categoria Sub-14, com atletas menores de 14 anos, ganhou uma atenção técnica especial.

Neste evento, com várias categorias, a garotada veio com tudo, trazendo à tiracolo pais, irmãos e amigos que, além de torcerem ainda fazem o papel de verdadeiros técnicos: berram, torcem, choram, vibram na beira do mar, curtindo os filhos, alguns já campeões e outros que o serão num futuro próximo. As famílias comentavam que vir para Saquarema é uma terapia que passa uma borracha na rotina estressante do Rio.

Soró, pai do atleta e competidor Bruno Baldner, fotógrafo especializado (site: www.surfvibe.com.br) fez muitas fotos e disse “que é preciso manter este tipo de evento para um futuro melhor”. Já a mãe do atleta de Niterói, Lucas Nolasco, tri-campeão estadual e a mãe do Derek Gomes, 1º no Ranking da ASS, de Cabo Frio e de Arraial do Cabo, acostumadas à rotina da ida aos eventos, comentaram que tanto a eficiência e transparência da Comissão Julgadora encantou nesta etapa. Para Paula, mãe da Wendy Guimarães, atleta feminina de Saquarema e campeã desta etapa, o evento proporcionou o prazer de ver a filha saindo-se vitoriosa e declarou sua felicidade por ter escolhido vir morar aqui em Saquarema.

Outros pontos também foram motivo de elogios neste show esportivo de surfe, educação e respeito às regras. Muitos deliravam com as manobras que os pequenos já fazem. As mães ficaram felizes com a grande oportunidade desta festa só para “baixinhos”. Marcelo, empresário e dono da WQSurf, com 17 lojas no Rio de Janeiro, pai e patrocinador, trouxe toda sua equipe de vendedores e gerentes, instalada confortavelmente na Pousada Espuma da Praia. Todos ficaram deslumbrados com a beleza de Saquarema.

Quanto à criação da categoria feminina, não poderia ser mais democrática e a separação de idades para prova foi altamente considerada. Campeonato gera trabalho e, neste caso, harmonia e atmosfera perfeitas, especialmente num evento estadual com presença de mini-atletas de Búzios, Cabo Frio, Niterói e Rio de Janeiro. O locutor Ronaldo Jacaré ressaltou que este evento é mais uma chance para o Rio de Janeiro voltar à ascensão, depois do domínio de São Paulo, Santa Catarina, Bahia e Ceará. Rico e Carla, da Livraria Templar, pais e técnicos de surfistas, também adoraram o evento, com muita educação sócio-ambiental, recreação, alegria e competição, em 2 dias de veranico e mar perfeito. O Oakley WQSurf Sub-14 já constitui uma etapa, além das 3 que no calendário da ASS, diz o presidente Luis Augusto, que ainda fez uma festa comemorativa dos 30 anos da fundação da entidade, sábado à noite, na sede em Itaúna.

Texto publicado na edição 112 do jornal O Saquá

Compartilhe!

Sobre o autor

Rossini Maraca é surfista e publicitário.