Influenza A – H1N1, a doença do século ou a pandemia do lucro

Enfermagem - Dr. Renato José dos Santos

Estamos novamente em estado de alerta total, evitando aglomerações, usan do máscaras, não cumprimentando o próximo, em suma estamos vulneráveis perante os fatos e dados que estão sendo divulgados referente à gripe suína. No meio da 33ª semana epidemiológica, estávamos com um total de 1.800 pessoas mortas em todo mundo e o Brasil com um total de 487 mortos. Hoje o Brasil já superou os Estados Unidos, neste triste índice da doença.Temos de cumprir as orientações, sim. Vamos cumprir! Afinal de contas, a morte bate a nossa porta de tal maneira, que não vai demorar muito e o fato não vai ficar somente nos noticiários. Vamos conhecer alguém que contraiu a gripe suína e morreu!Estamos em alerta. Entretanto será que por trás da gripe suína, não existe interesses econômicos?

No mundo, a cada ano morrem milhões de pessoas vítimas da malária, AIDS, tuberculose, sarampo, pneumonia e outras doenças sobre as quais os noticiários pouco falam. Anualmente morrem cerca de 2 milhões de crianças com diarréia, que são evitáveis com um simples soro – que é barato – e nada disso é comentado. A AIDS, depois que teve a sua patente quebrada, foi pouco comentada nos noticiários… Segundo estatísticas, temos no mundo 25 milhões de pessoas contaminadas com o vírus da AIDS e as pessoas não são orientadas a usar preservativos. Há 10 anos, no aparecimento da gripe do frango, os noticiários inundaram as rádios e televisões, fazendo referência à doença mais perigosa do século! Só se falava sobre a doença das aves, trazendo pânico e preocupação a toda população mundial. Neste episódio da nossa história, tivemos a morte de 250 pessoas, em 10 anos, 25 mortes por ano.

A gripe comum mata anualmente de 1 a meio milhão de pessoas por ano. Vejam: 1 milhão contra 25 mortes… Será que por traz das gripes do frango e suína não temos um galo de crista bem grande e um leitão? Outra situação bastante intrigante, é a empresa que tem a patente do tamiflu, a empresa norte americana Gilead Sciences, que tem como seu principal acionista o ex-secretário da defesa de George Bush, Donald Rumsfeld, artífice da guerra contra o Iraque. Será que os acionistas das farmacêuticas Roche e Relenza (fabricantes dos medicamentos), não estão dando pulos de alegria quanto aos acontecimentos?

Enquanto isso, vamos seguir as orientações do Ministério da Saúde, lavar bem as mãos, evitar aglomerações, cobrir o rosto ao tossir com lenço descartável e utilizar o álcool a 70º após a lavagem das mãos. Em casos de febre acima de 38º C, dores de garganta, cabeça, articulações, músculos, cori-za, falta de apetite, tosse seca, conjuntivite, náuseas, vômitos e diarréia, devemos procurar o serviço médico. Finalizando, solicito aos profissionais de saúde que orientem as pessoas menos esclarecidas sobre a doença, através de palestras, reuniões ou bate papos. Em caso de dúvidas, entrem em contato comigo, que terei o maior prazer de ir a sua escola, igreja ou comunidade para prestar os devidos esclarecimentos. Participe, colabore e ajude o próximo repassando as informações sobre a doença.

Sites de consultas sobre a doença: saude.gov.br, cdc.org, cives.ufrj.br, saude.br/svs, anvisa.gov.br, agricultura.gov.br

Texto publicado na edição 112 do jornal O Saquá

Banner Cosmo Fisioterapia

Banner Dr Camilo

Compartilhe!

Sobre o autor

Renato José dos Santos é enfermeiro. E-mails: renatojsantos@uol.com.br e renatojsantos@petrobras.com.br.